# Notícias Gerais

16 de Agosto de 2022 às 16:54

Começou na segunda-feira prazo para declarar imposto sobre propriedade rural

Declaração deve ser entregue as 23h59m do dia 30 de setembro

Continue lendo após anúncio
 

Fonte: Agência Brasil Colaborou Pedro Peduzzi Edição: Maria Claudia foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Começa na segunda-feira 15/08 o período para entrega da declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR) de 2022. O prazo vai até as 23h59m do dia 30 de setembro e as informações devem ser enviadas por meio do programa gerador da Declaração do ITR (DIRT), disponível no site da Receita Federal.

Também é possível entregar a declaração utilizando o Receitanet para a transmissão ou ainda em uma unidade de atendimento da Receita Federal, por meio de um dispositivo com conector USB.

A apresentação da declaração depois do prazo deve seguir os mesmos procedimentos de envio. Entretanto, será cobrada multa de, no mínimo, R$ 50 ou de 1% ao mês-calendário calculado sobre o valor total do imposto devido.

O valor mínimo do imposto é R$ 10. Valores inferiores a R$ 100 devem ser pagos em quota única até o dia 30 de setembro. Valor superior a R$ 100 pode ser pago em até quatro quotas, cada quota deve ter valor igual ou superior a R$ 50. A primeira deve ser paga até dia 30 de setembro; já as demais devem ser pagas até o último dia útil de cada mês, e serão acrescidas de juros Selic, atualmente em 13,7% ao ano, mais 1%.

De acordo com a Receita Federal, o pagamento do imposto também pode ser antecipado, total ou parcialmente.

Se, após a entrega das informações, o contribuinte verificar que cometeu erros ou esqueceu algum dado, deve enviar uma declaração retificadora, sem interromper o pagamento do imposto apurado na declaração original. A retificadora deve conter todas as informações anteriormente declaradas mais as correções.

A DITR é composta pelo Documento de Informação e Atualização Cadastral do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (Diac) e pelo Documento de Informação e Apuração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (Diat). As informações prestadas por meio do Diac não serão utilizadas para fins de atualização de dados cadastrais do imóvel rural no Cadastro de Imóveis Rurais (Cafir).

O contribuinte cujo imóvel rural já esteja inscrito no Cadastro Ambiental Rural (CAR) deve informar na DITR de 2022 o número do recibo de inscrição.

Quem deve declarar

A declaração do ITR é obrigatória para pessoa física ou jurídica que seja proprietária, titular do domínio útil ou possuidora a qualquer título, inclusive a usufrutuária, de imóvel rural.

No caso de condôminos, a DIRT deve ser apresentada por um de seus integrantes quando o imóvel rural pertencer simultaneamente a mais de um contribuinte, em decorrência de contrato ou decisão judicial ou em razão de doação recebida em comum. Quando o imóvel rural pertencer a mais de uma pessoa, a declaração deverá ser apresentada por um dos proprietários.

Também devem apresentar a declaração pessoas física ou jurídica que, entre 1º de janeiro de 2022 e a data da apresentação da DITR tenham perdido a posse do imóvel rural, em processo de desapropriação por necessidade ou utilidade pública, ou por interesse social, inclusive para fins de reforma agrária.

É também obrigatória a apresentação nos casos em que foi perdido o direito de propriedade pela transferência ou incorporação do imóvel rural, "em decorrência de desapropriação por necessidade ou utilidade pública, ou por interesse social". Esse caso também se aplica a casos de imóveis em processos de reforma agrária.

A obrigação se estende, também, àqueles que perderam a posse ou a propriedade do imóvel rural, em razão de alienação ao poder público, “inclusive às suas autarquias e fundações, ou às instituições de educação e de assistência social imunes ao imposto”.

A apresentação não é necessária em casos de imóveis rurais considerados imunes ou isentos pela Receita Federal – em geral, pequenas glebas rurais, assentamentos de reforma agrária, comunidades e remanescentes quilombolas reconhecidos.

 

16 de Agosto de 2022 às 16:34

Varíola dos macacos: calendário de vacinação deve sair nesta semana

Prioridade será para profissionais de saúde que lidam com a doença

Continue lendo após anúncio
 

Fonte: Agência Brasil  Edição: Denise Griesinger foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

O Ministério da Saúde (MS) deverá saber nesta semana quando terá as primeiras vacinas disponíveis contra a varíola dos macacos.

Segundo a representante da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) no Brasil, Socorro Gross, a fase de tratativas com o laboratório produtor da vacina terminaram, mas falta uma posição do laboratório sobre o calendário de entrega.

“Esperamos ter o calendário das vacinas nesta semana”, disse ela. “Não temos como apresentar um calendário [de entrega de vacina] neste momento. Sabemos que uma parte das vacinas vai chegar em breve. Esperamos que o fornecedor nos especifique quando nós poderemos transportar a vacina para o Brasil”, disse ela, em coletiva de imprensa, no Ministério da Saúde.

A aquisição dessas vacinas deve ser feita através da Opas, uma vez que o laboratório responsável por elas fica na Dinamarca e não tem representante no Brasil. Assim, o laboratório não pode solicitar o registro do imunizante junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e caso o país queira comprá-lo, a OPAS deve intermediar a transação.

Socorro Gross estava acompanhada do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e de secretários da pasta. Queiroga esclareceu que as 50 mil doses solicitadas pelo Brasil, caso cheguem, irão para profissionais de saúde que lidam com materiais contaminados.

“Se essas 50 mil doses chegarem aqui no ministério amanhã, não terão o condão de mudar a história natural da situação epidemiológica em relação à varíola dos macacos. Essas vacinas, quando vierem, serão para vacinar um público muito específico”.

Queiroga também não considera, até o momento, declarar Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (Espin) por causa da doença. Segundo ele, a área técnica do ministério não se manifestou nesse sentido.

Além disso, de acordo com Queiroga, mecanismos de vigilância em saúde já foram reforçados; pedidos de registros de testes rápidos já foram feitos junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa); e outras providências podem ser tomadas fora do âmbito da Espin, caso seja necessário.

Até o momento, Estados Unidos e Austrália já declararam emergência em seus territórios.

Dados

Na coletiva de imprensa, o Ministério da Saúde também divulgou dados atualizados sobre a doença. No mundo inteiro foram registrados 35.621 casos em 92 países.

Os países com mais casos são Estados Unidos (11,1 mil), Espanha (5,7 mil), Alemanha (3,1 mil), Reino Unido (3 mil), Brasil (2,8 mil), França (2,6 mil), Canadá (1 mil), Holanda (1 mil), Portugal (770) e Peru (654).

Até o momento, 13 mortes foram registradas, em oito países. São eles: Nigéria (4), República Centro-Africana (2), Espanha (2), Gana (1), Brasil (1), Equador (1), Índia (1) e Peru (1).

No Brasil, foram confirmados até o momento 2.893 casos. Além disso, existem 3.555 casos suspeitos de varíola dos macacos, com uma morte.

Entre os contaminados, 95% são homens e a maioria está na faixa dos 30 anos de idade. Apesar de ser uma doença que acomete, em sua maioria, homens que fazem sexo com homens, o ministro faz um alerta para não se estigmatizar a doença a esse grupo específico ou mesmo discriminá-lo.

“Essas referências feitas aqui a homens que fazem sexo com homens é uma constatação tão somente epidemiológica. Não podemos incorrer nos erros do passado. Nós já sabemos o que aconteceu na década de 80 com HIV/Aids. Não é para discriminar as pessoas, é para protegê-las”.

Queiroga também afirmou que apesar do nome, a doença não é transmitida pelos macacos e fez um apelo para a não agressão desses animais, por medo da doença.

“A varíola dos macacos é uma zoonose e o roedor é a provável origem da zoonose. Não é o macaco. O macaco é tão vítima da doença quanto nós, que também somos primatas. Portanto, não saiam por aí matando os macacos achando que vão resolver o problema da varíola dos macacos”.

Edição: Denise Griesinger

16 de Agosto de 2022 às 16:26

Auxílio Taxista começa a ser pago com parcela dobrada

Cerca de 245 mil motoristas receberão R$ 2 mil neste mês

Continue lendo após anúncio
 

Fonte: Agência Brasil com Caixa Econômica Federal Edição: Graça Adjuto foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Cerca de 245 mil taxistas recebem hoje 16/08 as duas primeiras parcelas do Auxílio Taxista, benefício emergencial para compensar o aumento dos combustíveis neste ano. Como cada parcela equivale a R$ 1 mil, cada motorista receberá R$ 2 mil neste mês.

O dinheiro será depositado nas contas poupança sociais digitais e poderá ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite a compra em lojas virtuais cadastradas, o pagamento de contas domésticas e a transferência para qualquer conta bancária. O beneficiário precisará movimentar os recursos em até 90 dias após o depósito. Caso contrário, o dinheiro voltará para o caixa da União.

Criado pela emenda constitucional que criou estado de emergência por causa da alta do preço dos combustíveis, o Auxílio Taxista será pago até dezembro. A emenda elevou benefícios sociais e instituiu auxílios emergenciais até o fim do ano.

No próximo dia 30, haverá repescagem para pagar as duas primeiras parcelas às prefeituras que enviaram o cadastro dos taxistas de 5 de agosto até ontem (15). Segundo a Dataprev, estatal que processa a lista de beneficiários, as prefeituras incluíram mais 25 mil taxistas que estão tendo os dados analisados para verificar se estão aptos a receber o auxílio.

Inicialmente, o governo tinha informado que o valor final de cada parcela dependeria do número de taxistas que demandaram o benefício. No entanto, como o número ficou dentro do previsto, as duas primeiras parcelas terão valor de R$ 1 mil cada uma.

Quem tem direito

Têm direito ao benefício os motoristas de táxi registrados nas prefeituras, titulares de concessões ou alvarás expedido até 31 de maio. Não será necessária qualquer ação por parte dos taxistas. Em caso de dúvidas, o motorista deve entrar em contato com a prefeitura para verificar o cadastro municipal. A prestação das informações caberá inteiramente às prefeituras (ou ao governo do Distrito Federal, no caso da capital federal).

As prefeituras terão nova chance, de 20 de agosto a 11 de setembro, para enviar os dados. Nesse caso, o pagamento começará na terceira parcela, sem direito a valores retroativos. O Ministério do Trabalho e Previdência, no entanto, não descarta a possibilidade de prorrogar o prazo, se necessário.

Auxílio Caminhoneiro

Outro benefício instituído pela emenda constitucional, o Auxílio Caminhoneiro começou a ser pago no último dia 9, com os motoristas de carga autônomos recebendo as duas primeiras parcelas de uma vez. A segunda parcela será paga em 24 de setembro.

Podem receber o Auxílio Caminhoneiro os transportadores de carga autônomos cadastrados no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTR-C), da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), até 31 de maio deste ano. Os profissionais deverão estar com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o CPF válidos, entre outras exigências.

Também chamado de Benefício Emergencial Caminhoneiro (BEm-Caminhoneiro), o auxílio será pago a cada transportador autônomo, independentemente da quantidade de veículos que tiver. O pagamento do BEm-Caminhoneiro vai ser revisado mensalmente. Para os próximos lotes de pagamento, a ANTT vai encaminhar ao Ministério do Trabalho e Previdência a relação dos transportadores autônomos de cargas que estiverem na situação “ativo” no RNTR-C.

Quem estiver com situação cadastral “pendente” ou “suspensa” poderá regularizar o registro na ANTT e receber as parcelas a partir da data da regularização. No entanto, o governo esclarece que não terá direito a parcelas que tenham sido pagas.

Autodeclaração

Assim como no Auxílio Taxista, haverá repescagem das duas primeiras parcelas no Auxílio Caminhoneiro. Começou ontem o prazo para que transportadores autônomos de carga (TAC) façam a Autodeclaração do Termo de Registro para receber o BEm Caminhoneiro-TAC. Quem cumprir o procedimento até 29 de agosto receberá as duas primeiras parcelas no dia 6 de setembro.

A autodeclaração pode ser feita pelo Portal Emprega Brasil ou pelo aplicativo da Carteira de Trabalho Digital. Após esse prazo, os caminhoneiros somente terão direito a receber o benefício a partir do mês da realização da autodeclaração, desde que atendidos os demais requisitos legais. Nesse caso, não será feito o pagamento retroativo.
Calendário do Auxílio Taxista 2022
Parcela                                              Data de pagamento
1ª e 2ª parcelas                                         16/8
1ª e 2ª parcelas (repescagem)                  30/8
3ª parcela                                                   24/9
4ª parcela                                                   22/10
5ª parcela                                                   26/11
6ª parcela                                                   17/12

Calendário do Auxílio Caminhoneiro 2022
Parcela                                               Data de pagamento                    Cadastro ativo ou autodeclaração
Julho e agosto                                            9/8 (valor em dobro)                        até 22/7
Julho e agosto (repescagem)                     6/9 (valor em dobro)                         até 29/8
Setembro                                                     24/9                                                 até 11/9
Outubro                                                       22/10                                                até 9/10
Novembro                                                   26/11                                                 até 13/11
Dezembro                                                   17/12                                                 até 4/12

 

16 de Agosto de 2022 às 16:22

Saiba quem são os candidatos à Presidência nas eleições 2022

Prazo para registro de candidaturas terminou ontem

Continue lendo após anúncio
 

Fonte: Agência Brasil Colaborou o repórter da Agência Brasil Marcelo Brandão Edição: Denise Griesinger e Aline Leal foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Brasil terá 12 candidatos à Presidência da República nas eleições deste ano. Com o fim do prazo para registro das candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), já estão definidos os nomes dos postulantes a ocupar o Palácio do Planalto pelos próximos quatro anos.

Vale lembrar que o TSE ainda julgará todos os registros de candidatura. Isso deverá ocorrer até o dia 12 de setembro. No entanto, os candidatos estão em campanha oficialmente a partir de hoje (16). São eles:

Ciro Gomes (PDT)

O candidato à Presidência da República, Ciro Gomes, do PDT, discursa durante o evento, Diálogos Eleitor, realizado pela União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (Unecs).

Candidato à Presidência da República Ciro Gomes - José Cruz/Agência Brasil

Natural de Pindamonhangaba (SP), Ciro Gomes construiu sua carreira política no Ceará, onde foi prefeito de Fortaleza, eleito em 1988, e governador do estado, eleito em 1990.

Renunciou ao cargo de governador, em 1994, para assumir o Ministério da Fazenda, no governo Itamar Franco (1992-1994) por indicação do PSDB, seu partido na época.

Ciro foi ministro da Integração Nacional de 2003 a 2006, no governo do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Deixou a Esplanada dos Ministérios para concorrer a deputado federal e foi eleito. Também exerceu dois mandatos de deputado estadual no Ceará. Tem 64 anos e quatro filhos.

candidata a vice-presidente na chapa é Ana Paula Matos (PDT), vice-prefeita de Salvador, eleita em 2020 na chapa encabeçada por Bruno Reis (União Brasil).

A soteropolitana tem 44 anos e atuação forte na área social e de combate à pobreza. Negra, tem lutado contra o racismo e defendido políticas afirmativas. Se eleita, será a primeira mulher negra a ocupar o cargo no Brasil.

Advogada, professora, pós-graduada em finanças e com mestrado em administração, Ana Paula é servidora concursada da Petrobras.

Constituinte Eymael (DC)

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) entrevista o candidato à Presidência da República pelo DC, José Maria Eymael. Ele é o oitavo a participar da série de entrevistas da EBC com presidenciáveis.

José Maria Eymael é o cabeça de chapa, tendo Professor Bravo como vice - Marcello Casal jr/Agência Brasil

Nascido em Porto Alegre, José Maria Eymael cursou filosofia e direito na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). É advogado com especialização em direito tributário e atua como empresário há 50 anos nas áreas de marketing, comunicação e informática. Nas urnas, será identificado como Constituinte Eymael.

Como líder universitário, Eymael presidiu o Centro Acadêmico São Tomás de Aquino da Faculdade de Filosofia da PUC-RS e a Federação dos Estudantes de Universidades Particulares do Rio Grande do Sul. Nessas funções, coordenou campanhas nacionais e regionais como a do barateamento do livro didático.

Em 1962, ingressou no Partido Democrata Cristão (PDC) em Porto Alegre, passando a atuar na Juventude Democrata Cristã. Eymael foi deputado constituinte. Aos 83 anos, é a sexta vez que se candidata à Presidência da República.

O vice na chapa é o economista João Barbosa Bravo, de 75 anos, natural de São Gonçalo (RJ), registrado como Professor Bravo.

Felipe D'Avila (Novo)

Felipe d'Avila

Candidato à Presidência do Novo, Felipe D'Avila - Reprodução twitter Felipe d'Avila

Felipe D’Avila, nascido em São Paulo, é cientista político, mestre em administração pública pela Universidade de Harvard e coordenador do movimento Unidos Pelo Brasil.

Fundou em 2008 o Centro de Liderança Pública, uma organização sem fins lucrativos dedicada à formação de líderes políticos.

É escritor e tem dez títulos publicados. Essa é a primeira vez em que ele se candidata ao cargo de presidente da República.

O candidato a vice-presidente na chapa é o deputado federal Tiago Mitraud (Novo-MG). Nascido em Brasília, participou intensamente do Movimento Empresa Júnior, chegando à Presidência da Brasil Júnior, a Confederação Brasileira de Empresas Juniores.

Após formado, ingressou na Fundação Estudar, organização referência no desenvolvimento de lideranças e concessão de bolsas de estudo no Brasil.

Nos últimos três anos, atuou como diretor executivo (CEO) da Fundação Estudar, liderando um time de mais de 50 pessoas responsável pelo grande crescimento da organização no período.

Jair Bolsonaro (PL)

O presidente Jair Bolsonaro participa do Culto de Santa Ceia da Frente Parlamentar Evangélica, no Auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados.

Candidato à reeleição pelo Novo, Jair Bolsonaro - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Jair Messias Bolsonaro é militar reformado, chegando a capitão do Exército. É o 38º presidente do Brasil, cargo que assumiu em 1º de janeiro de 2019.

Foi deputado federal pelo Rio de Janeiro entre 1991 e 2018. Nasceu em 1955, no município de Glicério, no interior do estado de São Paulo, mas morou em várias cidades paulistas.

Formou-se na Academia Militar das Agulhas Negras em 1977. Posteriormente, serviu nos grupos de artilharia de campanha e paraquedismo do Exército. É pai de cinco filhos.

O candidato a vice-presidente na chapa é o militar da reserva Walter Souza Braga Netto. Ele nasceu em Belo Horizonte em 1957 e alcançou o posto de general no Exército.

De fevereiro de 2018 a janeiro de 2019, chefiou a intervenção federal no Rio de Janeiro. Foi comandante Militar do Leste até fevereiro de 2019, quando assumiu a chefia do Estado-Maior do Exército.

Em fevereiro de 2020, assumiu o cargo de ministro-chefe da Casa Civil. Em março de 2021, foi nomeado ministro da Defesa.

Léo Péricles (Unidade Popular–UP)

Leonardo Péricles e Samara Martins.

Os candidatos Leonardo Péricles e Samara Martins. - Divulgação/ Unidade Popular

Leonardo Péricles é o único homem negro na disputa presidencial. Natural de Belo Horizonte, ele é técnico em eletrônica e mecânico de manutenção de máquinas.

O presidenciável começou a se aproximar da política em movimentos estudantis no início dos anos 2000. Anos depois, passou a integrar o Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB).

Em 2008, disputou uma vaga na Câmara Municipal de Belo Horizonte, mas não se elegeu. Já pelo Unidade Popular, nas últimas eleições municipais, em 2020, concorreu como candidato a vice-prefeito de Belo Horizonte (MG), na chapa de Áurea Carolina (PSOL), ficando em quarto lugar, com 103.115 votos.

A candidata a vice-presidente na chapa é a dentista Samara Martins, de 34 anos, também natural de Belo Horizonte.

Dentista no Sistema Único de Saúde (SUS), Samara mora na periferia de Natal, e é vice-presidente nacional da Unidade Popular pelo Socialismo e também milita no MLB e no Movimento de Mulheres Olga Benario.

Começou sua militância no movimento secundarista e foi diretora de mulheres da União Nacional dos Estudantes (UNE). Nas eleições de 2020, foi candidata à vereadora em Natal.

Lula (PT)

Rio de Janeiro - Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa do lançamento da campanha Se é público é para todos, organizada pelo Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas  (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Candidato Luiz Inácio Lula da Silva - Fernando Frazão/Agência Brasil

Luiz Inácio Lula da Silva, de 76 anos, nasceu em Garanhuns (PE) e iniciou sua trajetória política como sindicalista em 1966. Foi presidente da República por dois mandatos a partir de 2003, depois de ser eleito em 2002, em disputa no segundo turno das eleições com José Serra (PSDB).

Em 2006, Lula venceu Geraldo Alckmin (à época, do PSDB), atual candidato à Vice-Presidência, sendo reeleito ao cargo. A primeira vez que disputou a Presidência foi em 1989, sendo derrotado por Fernando Collor de Melo. Antes de ser eleito, tentou mais duas vezes, em 1994 e 1998, quando perdeu para Fernando Henrique Cardoso em ambas.

Em 2017, foi condenado a nove anos e seis meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. Em 2018, teve a prisão decretada pelo então juiz Sergio Moro. Em 2021, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin anulou as condenações, por entender que a 13ª Vara Federal em Curitiba não tinha competência legal para julgar as acusações, tornando Lula elegível, decisão confirmada em plenário pelo Supremo no mesmo ano, o plenário.

O candidato a vice-presidente na chapa é o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB). Nascido em Pindamonhangaba (SP), tem 68 anos, é médico e professor.

Um dos fundadores do PSDB, Alckmin foi governador de São Paulo em duas ocasiões: de 2001 a 2006 e de 2011 a 2018, comandando o governo paulista por mais tempo desde a redemocratização do Brasil.

Atualmente é professor universitário no curso de medicina da Universidade Nove de Julho e membro da Academia de Medicina de São Paulo.

Pablo Marçal (Pros)

O Partido Republicano da Ordem Social (Pros) realiza convenção naciona para oficializar o nome de Pablo Marçal como candidato do partido a presidente da República nas Eleições 2022.

Convenção nacional oficializou Pablo Marçal como candidato a presidente - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Esta é a primeira vez que Marçal disputa a um cargo público. Bacharel em direito e empresário, o goiano de 35 anos é casado e tem quatro filhos.

Ele é conhecido como autor de livros de autogestão e por palestras e vídeos motivacionais.

Em sua página na internet, também se apresenta como empreendedor imobiliário e digital, estrategista de negócios e especialista em gestão de marcas (branding).

A candidata a vice na chapa é Fátima Pérola Neggra, de 54 anos. Ela é policial militar de São Paulo, escritora e poetisa, nascida em Iporã (PR).

Pérola Neggra tem cinco filhos e dois netos.

Roberto Jefferson (PTB)

Roberto Jefferson fala à imprensa no Palácio do Planalto

Roberto Jefferson, presidenciável pelo PTB - Arquivo/Valter Campanato/Agência Brasil

Advogado nascido em Petrópolis (RJ), Roberto Jefferson tem 69 anos e circula há décadas na política nacional. Antes de fazer carreira na política, chegou a participar de programas de televisão na década de 1980. Participou dos programas Aqui e Agora, em uma espécie de júri simulado, na TV Tupi; e do programa Domingo à Noite, na TVS, atualmente SBT. Também foi apresentador do programa O Povo na TV, também na TVS.

Seu primeiro mandato como deputado federal foi em 1983 e depois disso emendou seis mandatos consecutivos. Teve seu mandato cassado após confessar participação no esquema do mensalão. Ficou conhecido nacionalmente por denunciar o esquema de compra de votos, escândalo do qual também participou. Foi condenado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Em agosto de 2021, Jefferson teve prisão preventiva decretada pelo ministro Alexandre de Moraes por ataques às instituições em redes sociais. Suas contas em redes sociais também foram bloqueadas. Em janeiro deste ano, por questões de saúde, Jefferson passou a cumprir prisão domiciliar.

A chapa terá Padre Kelmon, do mesmo partido, como candidato a vice-presidente. Ele lidera atualmente o Movimento Cristão Conservador do PTB (MCC) e o Movimento Cristão Conservador Latino Americano (Meccla).

Nascido em 1976, teve uma vida sempre dedicada à igreja. Liderou grupo de jovens e ajudou na pastoral da criança. Em 2003 decidiu seguir sua caminhada como ortodoxo.

Atuou sempre na defesa da vida e da família, em ações como nas eleições presidenciais de 2010, difundindo juntamente com Dom Luís Gonzaga Bergonzine uma ação contra o aborto.

Simone Tebet (MDB)

Mara Gabrilli

Lançamento da candidatura de Simone Tebet e da vice, Mara Gabrilli - Twitter Oficial do PSDB

Simone Tebet tem 52 anos. Nascida em Três Lagoas (MS), é formada em direito e começou a carreira política em 2003 como deputada estadual. De 2005 a 2010, foi prefeita de sua cidade natal por dois mandatos.

Deixou o cargo para ser vice-governadora de Mato Grosso do Sul. Ela é filha do ex-presidente do Senado Ramez Tebet, falecido em 2006. De 2013 a 2014, foi secretária de Governo até que, em 2015, foi empossada como senadora.

Tebet ganhou projeção nacional especialmente depois da forte atuação na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia do Senado, no ano passado.

A candidata a vice-presidente na chapa é a também senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP). Senadora pelo PSDB de São Paulo, Mara tem 53 anos, é publicitária e psicóloga.

Foi vereadora da capital paulista de 2007 a 2010, após ter sido secretária municipal da Pessoa com Deficiência, de 2005 a 2007. Foi deputada federal de 2011 a 2015, sendo eleita novamente em 2015 para mandato até 2019.

Em 1994, Mara Gabrilli sofreu um acidente de carro que a deixou tetraplégica. Foram cinco meses de internação.

Sofia Manzano (PCB)

Convenção do PCB oficializa candidatura de Sofia Manzano a presidente da República.

Convenção do PCB oficializa candidatura de Sofia Manzano - Reprodução/Youtube/PCB/Direitos reservados

A candidata à Presidência do Partido Comunista Brasileiro (PCB) é a professora e economista Sofia Manzano, nascida em 1971 na cidade de São Paulo. Graduada em ciências econômicas pela PUC de São Paulo, é mestra em desenvolvimento econômico pelo Instituto de Economia da Unicamp e doutora em história econômica pela Universidade de São Paulo (USP).

Assumiu o cargo de professora do curso de economia da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia em 2013, motivo pelo qual mudou-se para Vitória da Conquista. Desenvolve pesquisas sobre mercado de trabalho e desigualdade social no capitalismo.

A militância no PCB teve início durante a campanha presidencial de 1989. Sofia Integrou alguns sindicatos de professores, chegando a ser eleita vice-presidente da Associação de Docentes da Universidade de São Paulo entre 2015 e 2016.

A chapa tem como candidato a vice-presidente o sindicalista Antônio Alves, de 43 anos, jornalista, natural do Recife, filiado ao PCB há 20 anos.

Fez parte de movimentos políticos culturais que buscavam articular e debater os problemas da comunidade. Militou no Núcleo Malcolm X (célula do Movimento Negro Unificado em Paulista), colaborou com o processo de organização do 20 de novembro em 1997, 1998, 1999.

Organizou a Posse Resistência Hip Hop – Paulista Zona Norte – grupo de jovens periféricos que trabalhavam diversos temas de luta, recuperação da autoestima e valorização cultural. Em 1999 teve seu primeiro contato com o PCB e iniciou sua militância na União da Juventude Comunista (UJC).

Soraya Thronicke (União Brasil)

Soraya Thronicke

A candidata do União Brasil, Soraya Thronicke - Roque de Sá/Agência Senado

Soraya Thronicke tem 49 anos e é advogada, natural de Dourados (MS). Estreante como candidata, foi eleita senadora pelo seu estado em 2018 pelo então Partido Social Liberal (PSL) – hoje União Brasil.

Foi vice-líder do governo no Congresso Nacional e, atualmente, é coordenadora política da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) no Senado Federal, além de membro de oito comissões da Casa.

Também preside o União Brasil Mulher Nacional e o diretório do União Brasil em Mato Grosso do Sul.

O candidato à Vice-Presidência é Marcos Cintra, de 76 anos. Formado em economia, Cintra tem especialização em planejamento econômico pela Universidade de Campinas.

Foi eleito deputado federal em 1998, cargo que ocupou até 2003. Na Câmara dos Deputados, foi membro das comissões de Finanças e Tributação e de Reforma Tributária e presidente da Comissão de Economia, Indústria e Comércio.

Em 2019, ocupou o cargo de secretário especial da Receita Federal.

Vera (PSTU)

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) entrevista a candidata à Presidência da República pelo PSTU, Vera Lúcia. Ela é a sétima a participar da série de entrevistas da EBC com presidenciáveis.

A candidata à Presidência pelo PSTU, Vera Lúcia - Marcello Casal jr/Agência Brasil

Vera Lúcia tem 54 anos e é natural de Inajá (PE). Operária sapateira, é formada em ciências sociais pela Universidade Federal de Sergipe.

Iniciou sua militância quando trabalhava em uma fábrica de calçados, aos 19 anos. Está no PSTU desde a sua fundação, em 1994. Já foi candidata ao governo de Sergipe, à prefeitura de Aracaju e à Câmara dos Deputados.

Em 2018, foi candidata à Presidência da República e teve como vice o professor Hertz Dias, do Maranhão. Em 2020, Vera foi a primeira mulher negra a disputar a prefeitura de São Paulo, cidade onde mora atualmente.

A candidata à Vice-Presidência é a indígena da etnia Tremembé, Kunã Yporã (Raquel Tremembé). Kunã tem 39 anos e é pedagoga.

Ela integra a Associação de Mulheres Indígenas Guerreiras da Ancestralidade (Anmiga) e é membro da Secretaria Executiva Nacional da CSP-Conlutas.

Kunã Yporã é parte atuante das mobilizações dos povos indígenas na oposição ao governo atual.

 

16 de Agosto de 2022 às 16:10

Campanha eleitoral começa hoje nas ruas do país

Candidatos podem fazer caminhadas, carreatas e distribuir material

Continue lendo após anúncio
 

Fonte: Agência Brasil Edição: Graça Adjuto Foto: Lucas Nascimento - ASCOM TRE-TO

Candidatos à Presidência da República, aos governos dos estados e aos cargos de senador, deputado federal, estadual e distrital saem, a partir de hoje 16/08, em busca dos votos de 156,4 milhões de eleitores aptos a exercer o direito ao voto nas eleições de outubro. 

Pela legislação eleitoral, os candidatos estão autorizados a fazer caminhadas, carreatas com carro de som e a distribuir material de campanha até as 22h. A campanha vai até 1º de outubro, um dia antes do primeiro turno.

Os comícios poderão ser realizados entre as 8h e a meia-noite, horário que poderá ser prorrogado por mais duas horas no caso de encerramento de campanha. Showmícios gratuitos são proibidos por lei. 

Na internet, a propaganda eleitoral pode ser feita em sites e redes sociais, mas deve ser identificada como publicidade e exibir o nome do candidato, partido, coligação ou federação. A propaganda por meio de telemarketing também é proibida. 

O impulsionamento de conteúdo por apoiadores é proibido. O disparo de mensagens só pode ser feito aos eleitores que se cadastrarem voluntariamente para recebê-las. 

O primeiro turno será realizado no dia 2 de outubro, quando os eleitores vão às urnas para eleger o presidente da República, governadores, senadores, deputados federais, estaduais e distritais. Eventual segundo turno  para a disputa presidencial e aos governos estaduais será em 30 de outubro. 

 

16 de Agosto de 2022 às 16:04

TSE libera campanha de prevenção à varíola dos macacos

Corte, no entanto, negou campanha de incentivo ao alistamento militar

Continue lendo após anúncio
 

Fonte: Agência Brasil Edição: Juliana Andrade fotoo: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, decidiu ontem 15/08 e hoje 16/08 sobre pedidos feitos pela Secretaria Especial de Comunicação Social, do governo federal. Ele autorizou a veiculação de campanha nacional de prevenção à varíola dos macacos, com restrições, mas negou a de incentivo ao alistamento militar. Em ambos os casos, cabe recurso.

As decisões são liminares (urgentes e provisórias). Os despachos estão também entre os últimos de Fachin como presidente do TSE. Ele deixa o cargo nesta terça-feira (16), quando passa o comando da Justiça Eleitoral para o ministro Alexandre de Moraes, em cerimônia marcada para as 19h.

A autorização da Justiça Eleitoral para veiculação de campanhas nacionais é necessária por causa da Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997), que proíbe qualquer publicidade institucional que possa configurar o uso abusivo da máquina pública para promoção do governante, ocasionando desequilíbrio na disputa, nos três meses que antecedem o pleito.

Campanhas

No caso da campanha nacional de prevenção à varíola dos macacos, Fachin afirmou que ela se enquadra nas exceções previstas pela legislação eleitoral. “Verifica-se que a divulgação da aludida campanha é de interesse público, na medida em que assegura o direito à informação e à saúde individual e coletiva”, escreveu o ministro.

As peças da campanha devem ser veiculadas entre 12 e 30 de agosto, decidiu Fachin. Nelas, somente pode ser identificado o Ministério da Saúde, determinou o ministro. Na internet, ele liberou somente o endereço  www.gov.br/varioladosmacacos.

Já em relação à Campanha para o Serviço Militar Obrigatório, Fachin considerou que ela não se enquadra nos requisitos para exceção, por não ser imprescindível que seja veiculada durante o período vedado pela Lei das Eleições.

No pedido feito ao TSE, o secretário especial de Comunicação Social, André de Sousa Costa, havia solicitado que a campanha tivesse início em agosto, com prazo indefinido para acabar.

Ele sustentou haver “interesse público na referida publicidade, pois o serviço militar obrigatório, além de ser um processo de incorporação às Forças Armadas (Lei do Serviço Militar), é uma obrigação constitucional cívica cujo descumprimento pode dar azo a sanções, fazendo-se necessário garantir o amplo conhecimento ao maior número de cidadãos”.

Fachin, contudo, entendeu não haver prejuízo se a campanha for veiculada em outro momento. “A própria asserção de que não há prazo final para a campanha compromete a verificação dos elementos de gravidade e urgência que romperiam o período de vedação da publicidade institucional”, escreveu o ministro.

 

16 de Agosto de 2022 às 15:58

Jair Bolsonaro começa campanha eleitoral em Juiz de Fora, Minas Gerais

Foi nesta cidade que ele sofreu um atentado à faca, em 2018

Continue lendo após anúncio
 

Fonte: Agência Brasil Edição: Denise Griesinger  Por Luciano Nascimento foto: Flávo Bolsonaro/Twitteer/Divulgação

No dia em que começou oficialmente a campanha eleitoral, o candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL) escolheu a cidade de Juiz de Fora (MG) para dar início ao corpo a corpo com o eleitorado. Bolsonaro chegou à cidade por volta das 10h e parou para falar com apoiadores no Aeroclube.

Aos apoiadores, ele falou sobre a atuação do seu governo no enfrentamento da pandemia de covid-19 e disse não ter errado na condução das ações. Bolsonaro citou ainda a alta dos combustíveis, como um desafio que enfrentou este ano: “Fizemos a nossa parte em 2020 e 2021 e entramos em 2022. Agora, imagine o quanto é difícil lutarmos contra o lobby dos combustíveis no Brasil”.

Juiz de Fora é a cidade onde Bolsonaro sofreu um atentado à faca durante a campanha eleitoral, em setembro de 2018. Naquele ano, Adélio Bispo esfaqueou o então candidato. Bispo foi preso no mesmo dia. A investigação da Polícia Federal (PF) sobre o episódio, realizada em dois inquéritos, concluiu que ele agiu sozinho no crime.

Bolsonaro estava acompanhado da primeira-dama Michelle Bolsonaro; do seu candidato a vice-presidente na chapa, general Braga Netto; e também do candidato do seu partido ao governo de Minas Gerais, senador Carlos Viana. Juiz de Fora fica na Zona da Mata mineira, a sudeste da capital Belo Horizonte. A cidade tem população estimada em 577 mil habitantes.

Ao sair do aeroclube, ele conversou rapidamente com a imprensa, antes de cumprimentar as pessoas que o aguardavam do lado de fora. Aos jornalistas, ele falou sobre a motociata que deve ocorrer no Rio de Janeiro. Segundo o candidato, o passeio vai ser uma comemoração aos 200 anos da Independência do Brasil. Em seguida, o candidato se dirigiu à cidade onde participou de uma motociata com apoiadores.

Pelo calendário eleitoral, a partir desta terça-feira, os candidatos estão autorizados a fazer propaganda eleitoral na internet e comícios com aparelhagem de som. Já a veiculação de propaganda eleitoral no rádio e na televisão, do primeiro turno das eleições, começará no dia 26. O término será no dia 29 de setembro.

 

16 de Agosto de 2022 às 15:39

Evangelho do Dia

É mais fácil um camelo entrar pelo buraco de uma agulha, do que um rico entrar no Reino de Deus.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

Naquele tempo: 23Jesus disse aos discípulos: 'Em verdade vos digo, dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus. 24E digo ainda: é mais fácil um camelo entrar pelo buraco de uma agulha, do que um rico entrar no Reino de Deus.' 25Ouvindo isso, os discípulos ficaram muito espantados, e perguntaram: 'Então, quem pode ser salvo?' 26Jesus olhou para eles e disse: 'Para os homens isso é impossível, mas para Deus tudo é possível.' 27Pedro tomou a palavra e disse a Jesus: 'Vê! Nós deixamos tudo e te seguimos. O que haveremos de receber?' 28Jesus respondeu: 'Em verdade vos digo, quando o mundo for renovado e o Filho do Homem se sentar no trono de sua glória, também vós, que me seguistes, havereis de sentar-vos em doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel. 29E todo aquele que tiver deixado casas, irmãos, irmãs, pai, mãe, filhos, campos, por causa do meu nome, receberá cem vezes mais e terá como herança a vida eterna. 30Muitos que agora são os primeiros, serão os últimos. E muitos que agora são os últimos, serão os primeiros.

- Palavra da Salvação
- Glória a Vós, Senhor

São Mateus 19, 23-30

16 de Agosto de 2022 às 15:35

Vagas de empregos em Araxá (MG) - 16/08/2022

O Sine Araxá fica na Rua Dr. Franklin de Castro, nº 178, Centro - Telefones 3691-7046 e 3691-7049.

Continue lendo após anúncio
 

O interessado deve comparecer com Carteira de Trabalho, Identidade e CPF para se candidatar.

O Sine Araxá fica na Rua Dr. Franklin de Castro, nº 178, Centro - Telefones 3691-7046 e 3691-7049.

10 vagas - Ajudante de carga e descarga (Noturno) [Cód. 6347217] - exige ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar), disponibilidade para viagens e disponibilidade de horários - SALÁRIO R$ 1.445,00.

2 vagas - Ajudante de cozinha [Cód. 6330773] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e disponibilidade para trabalhar em escala de turno 12 x 36 (19:00 às 07:00) - SALÁRIO R$ 1.396,74.

20 vagas - Ajudante de obras [Cód. 6375508] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho - SALÁRIO R$ 1.300,00.

1 vaga - Almoxarife [Cód. 6385641] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.800,00.

1 vaga - Analista de marketing [Cód. 6381249] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 2.200,00.

3 vagas - Armador [Cód. 6368283] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho - SALÁRIO R$ 2.035,00.

1 vaga - Assistente de contadoria fiscal [Cód. 6344098] - exige graduação em Ciências Contábeis (cursando no mínimo o 5º período) - SALÁRIO R$ 1.400,00.

15 vagas exclusivas para pessoas com deficiência (Apresentar Laudo Médico) - Auxiliar administrativo [Cód. 6353935] - exige ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.543,22.

1 vaga - Auxiliar de contabilidade [Cód. 6339785] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e curso Técnico em Contabilidade (apresentar Certificado).

8 vagas - Auxiliar de cozinha [Cód. 6355543] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e disponibilidade de horários.

1 vaga - Auxiliar de cozinha [Cód. 6283964] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal.

2 vagas - Auxiliar de cozinha [Cód. 6313285] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e CNH "B" - SALÁRIO R$ 1.396,00.

1 vaga - Auxiliar de estoque [Cód. 6310448] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "AB" e disponibilidade para viagens.

1 vaga - Auxiliar de lavanderia [Cód. 6353664] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e CNH "B" - SALÁRIO R$ 1.800,00.

1 vaga - Auxiliar de limpeza [Cód. 6283954] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal.

5 vagas exclusivas para pessoas com deficiência (Apresentar Laudo Médico) - Auxiliar de limpeza [Cód. 6378714] - exige ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar).

4 vagas exclusivas para pessoas com deficiência (Apresentar Laudo Médico) - Auxiliar de limpeza [Cód. 6380085] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.352,49.

10 vagas - Auxiliar de linha de produção (Serviço pesado, incluindo carga e descarga) [Cód. 6358556] - sem experiência.

3 vagas - Auxiliar de linha de produção [Cód. 6386802] - exige ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) e disponibilidade para trabalhar em escala de revezamento de turno 6x1 - 6x2 - 6x3 - SALÁRIO R$ 1.452,83.

20 vagas exclusivas para pessoas com deficiência (Apresentar Laudo Médico) - Auxiliar de linha de produção [Cód. 6353927] - sem experiência - SALÁRIO R$ 1.543,22.

1 vaga exclusiva para pessoas com deficiência (Apresentar Laudo Médico) - Auxiliar de manutenção predial [Cód. 6304163] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal - SALÁRIO R$ 900,00 (meio período).

1 vaga - Auxiliar de manutenção predial [Cód. 6216875] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.655,29.

1 vaga - Auxiliar de marceneiro [Cód. 6322008] - exige ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 1.212,00.

2 vagas - Auxiliar de marceneiro [Cód. 6348838] - exige disponibilidade para viagens.

2 vagas temporárias (90 dias) - Auxiliar de mecânico diesel [Cód. 6393425] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.600,00.

1 vaga - Auxiliar de padeiro [Cód. 6330694] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e disponibilidade de horários - SALÁRIO R$ 1.432,08.

1 vaga - Auxiliar de pessoal [Cód. 6339813] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e curso Técnico em Recursos Humanos (completo ou cursando).

1 vaga - Auxiliar mecânico de refrigeração [Cód. 6386526] - exige CNH "B" - SALÁRIO R$ 1.200,00.

4 vagas - Barman [Cód. 6355597] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e disponibilidade de horários.

1 vaga - Barman [Cód. 6377973] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e disponibilidade de horários - SALÁRIO R$ 1.396,73.

1 vaga - Borracheiro [Cód. 6358492] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal - SALÁRIO R$ 2.000,00.

2 vagas - Borracheiro [Cód. 6286207] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal - SALÁRIO R$ 2.456,00.

3 vagas - Carpinteiro [Cód. 6276653] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho - SALÁRIO R$ 2.035,00.

1 vaga - Chapa (Movimentador de mercadoria) [Cód. 6340578] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho - SALÁRIO R$ 1.650,00.

1 vaga - Consultor de vendas [Cód. 6388033] - exige ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 1.600,00 + Comissão.

1 vaga - Consultor de vendas (Call Center) [Cód. 6388552] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.212,00 + Comissão.

1 vaga - Copeiro de hospital [Cód. 6370252] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e disponibilidade para trabalhar em escala de turno 12 x 36 (7 às 19) - SALÁRIO R$ 1.212,00.

1 vaga - Cozinheiro de restaurante de indústria [Cód. 6330828] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e disponibilidade para trabalhar em escala de turno 6 x 1 - SALÁRIO R$ 1.707,69.

1 vaga - Cozinheiro do serviço doméstico [Cód. 6370097] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar).

1 vaga - Cozinheiro geral [Cód. 6338078] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e disponibilidade para trabalhar em escala de turno 12 x 36 (06:30 às 18:30) - SALÁRIO R$ 1.598,00.

2 vagas - Cozinheiro geral [Cód. 6378013] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e disponibilidade de horários - SALÁRIO R$ 1.700,00.

1 vaga - Cuidador de idosos [Cód. 6337920] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal - SALÁRIO R$ 1.200,00.

1 vaga - Cuidador de idosos [Cód. 6379131] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e disponibilidade para trabalhar em escala de turno 12 x 36 (06:30 às 18:30) - SALÁRIO R$ 1.433,00.

2 vagas temporárias (90 dias) - Eletricista de instalações [Cód. 6358095] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "B" e curso NR 10 - SALÁRIO R$ 1.542,24.

1 vaga - Eletricista de instalações de veículos automotores (Ônibus) [Cód. 6286054] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 2.500,00.

1 vaga - Eletricista de instalações de veículos automotores (Ônibus) [Cód. 6364220] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 2.000,00.

1 vaga para meio período - Empregada doméstica/Babá [Cód. 6363678] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 750,00.

1 vaga - Empregada doméstica [Cód. 6338072] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.433,00.

1 vaga - Empregada doméstica [Cód. 6386725] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal - SALÁRIO R$ 1.212,00.

1 vaga temporária (90 dias) - Encarregado eletricista de instalações [Cód. 6358104] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "B" e curso NR 10 - SALÁRIO R$ 2.131,05.

1 vaga - Faxineira [Cód. 6245139] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.212,00.

6 vagas - Garçom [Cód. 6355638] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e disponibilidade de horários.

2 vagas - Garçom [Cód. 6377965] - exige disponibilidade de horários - SALÁRIO R$ 1.396,73.

6 vagas - Instalador-reparador de redes telefônicas e de comunicação de dados [Cód. 6269045] - exige ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "B", carro próprio e disponibilidade de horários - SALÁRIO R$ 1.212,00 + Premiação.

1 vaga - Lavador de veículos [Cód. 6391840] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e CNH "B".

1 vaga - Marceneiro [Cód. 6348852] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, CNH "AB" e disponibilidade para viagens.

1 vaga - Marceneiro [Cód. 6322049] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "A" ou "B" e disponibilidade para viagens.

1 vaga - Marceneiro [Cód. 6373214] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, e ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 2.000,00 + Comissão.

1 vaga - Mecânico de auto em geral [Cód. 6295819] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e CNH "A" ou "B" - SALÁRIO R$ 1.600,00.

6 vagas - Mecânico de manutenção de máquinas agrícolas [Cód. 6300537] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "D" e disponibilidade para trabalhar em escala de turno 5 x 1.

1 vaga - Mecânico de manutenção de máquinas agrícolas - auxiliar [Cód. 6381276] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "B" e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 1.700,00.

1 vaga - Mecânico de manutenção de máquinas, em geral [Cód. 6349400] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, curso Técnico em Mecânica (apresentar Certificado) e CNH "B" - SALÁRIO R$ 2.400,00.

1 vaga temporária (90 dias) - Mecânico de manutenção de máquinas, em geral [Cód. 6393466] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 4.000,00.

2 vagas - Mecânico de manutenção de ônibus [Cód. 6338544] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal - SALÁRIO R$ 2.456,00.

2 vagas - Montador de móveis [Cód. 6344344] - exige CNH "B" - SALÁRIO R$ 1.200,00.

1 vaga - Motofretista [Cód. 6096631] - exige CNH "A" e moto própria.

2 vagas - Motofretista [Cód. 6385969] - exige ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "A", moto própria e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 1.212,00.

1 vaga - Motorista carreteiro [Cód. 6363311] - exige CNH "E" e disponibilidade para viagens.

1 vaga - Motorista de caminhão-guincho pesado com munk [Cód. 6357212] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e CNH "D" - SALÁRIO R$ 1.800,00.

40 vagas - Motorista de ônibus rodoviário [Cód. 6388486] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, CNH "D" e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 1.800,00.

18 vagas - Motorista de ônibus urbano [Cód. 5773660] - exige CNH "D" e disponibilidade de horários - SALÁRIO R$ 1.825,00.

2 vagas - Motorista entregador [Cód. 6351345] - exige ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "D" e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 1.745,00.

3 vagas - Motorista entregador [Cód. 6353882] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, CNH "D" e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 1.800,00.

2 vagas - Motorista entregador [Cód. 6349144] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e CNH "AD" - SALÁRIO R$ 2.100,00.

1 vaga - Nutricionista [Cód. 6388082] - exige curso técnico ou superior em Nutrição (apresentar Certificado) e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 2.500,00 + Comissão.

1 vaga temporária (60 dias) - Oficial de manutenção predial [Cód. 6183517] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar).

1 vaga - Oficial de serviços gerais [Cód. 6366251] - exige ensino médio (completo ou cursando) - SALÁRIO R$ 1.400,00.

2 vagas - Oficial de serviços gerais (Serviço pesado, na área rural) [Cód. 6370673] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.500,00.

1 vaga - Oficial de serviços gerais (Serviço pesado) [Cód. 6387939] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar).

1 vaga - Oficial de serviços gerais (Serviço pesado) [Cód. 6328616] - exige CNH "B", veículo próprio (carro ou moto, apenas para locomoção até a sede da empresa, onde será disponibilizado o transporte para o local de trabalho) e disponibilidade para viagens. Obra a 33 km de Araxá - SALÁRIO R$ 1.600,00.

3 vagas - Oficial de serviços gerais (Serviço pesado em madeireira) [Cód. 6328488] - exige disponibilidade para viagens.

5 vagas - Operador de caixa [Cód. 6330641] - exige ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) e disponibilidade de horários - SALÁRIO R$ 1.212,00.

1 vaga - Operador de empilhadeira [Cód. 6378759] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou curso de Operador de Empilhadeira (apresentar Certificado), ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "B" e disponibilidade para trabalhar em escala de revezamento de turno 6x1 - 6x2 - 6x3 (07h às 16h, 16h às 00h e 00h às 07h) - SALÁRIO R$ 1.950,00.

2 vagas - Operador de guindaste [Cód. 6149335] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, CNH "D" e disponibilidade para viagens.

1 vaga - Operador de máquinas de construção civil e mineração [Cód. 6373460] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "D" e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 2.500,00.

1 vaga - Operador de pá carregadeira [Cód. 6312826] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, CNH "B" e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 2.016,00.

1 vaga - Operador de retro-escavadeira [Cód. 6328499] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 2.500,00.

4 vagas - Operador de sala de controle – na mineração [Cód. 6346833] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), disponibilidade para viagens e disponibilidade para trabalhar em escala de turno 4 x 4 (7 às 19 e 19 às 7).

1 vaga - Operador de trator de lâmina [Cód. 6287992] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, CNH "B" e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 1.810,00.

7 vagas - Pedreiro [Cód. 6347070] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO PARA NÍVEL I R$ 1.934,67 E PARA NÍVEL II R$ 2 167,13.

3 vagas - Pedreiro [Cód. 6195147] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 1.630,00.

1 vaga - Pedreiro [Cód. 6361391] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal - SALÁRIO R$ 1.911,27.

2 vagas - Pintor de alvenaria [Cód. 6214808] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.934,67.

1 vaga exclusiva para pessoas com deficiência (Apresentar Laudo Médico) - Porteiro [Cód. 6204001] - exige disponibilidade para trabalhar em escala de turno 12 x 36 (diurno) - SALÁRIO R$ 1.467,45.

1 vaga para contrato intermitente - Porteiro [Cód. 6374887] - exige ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), veículo próprio (carro ou moto) e CNH condizente com o veículo - SALÁRIO R$ 7,96/hora.

1 vaga - Promotor de vendas [Cód. 6348971] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, CNH "A", moto própria e disponibilidade para viagens.

1 vaga - Recepcionista [Cód. 6357631] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.212,00.

1 vaga - Recepcionista [Cód. 6386404] - exige ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.212,00.

1 vaga - Salgadeira [Cód. 6372257] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal.

7 vagas - Servente de obras [Cód. 6347081] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.468,53.

20 vagas - Servente de obras [Cód. 6226269] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 1.500,00.

1 vaga - Soldador [Cód. 6301057] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho - SALÁRIO R$ 2.200,00.

1 vaga - Subgerente de loja [Cód. 6355569] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e disponibilidade de horários.

1 vaga - Supervisor de atendimento (Caixa) [Cód. 6347104] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), disponibilidade para viagens e disponibilidade de horários.

1 vaga - Sushiman [Cód. 6378025] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e disponibilidade de horários - SALÁRIO R$ 2.000,00.

3 vagas - Técnico de operação [Cód. 6346895] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, curso Técnico em Mineração, Química ou áreas afins (apresentar Certificado), disponibilidade para viagens e disponibilidade para trabalhar em escala de turno 4 x 4 (7 às 19 e 19 às 7).

1 vaga - Técnico de Mineração ou Meio Ambiente [Cód. 6391426] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, curso Técnico de Mineração ou Meio Ambiente (apresentar Certificado) e CNH "B" (no mínimo dois anos de habilitação) - SALÁRIO R$ 1.655,13.

1 vaga - Técnico em manutenção de equipamentos de informática [Cód. 6158757] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e curso técnico ou superior em Informática (completo ou cursando) - SALÁRIO R$ 1.212,00.

1 vaga - Técnico em Segurança do Trabalho [Cód. 6357675] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, curso Técnico em Segurança do Trabalho (apresentar Certificado) e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 2.200,00.

1 vaga - Técnico em Segurança do Trabalho [Cód. 6380875] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, curso Técnico em Segurança do Trabalho (apresentar Certificado) e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 3.500,00.

1 vaga - Técnico em Segurança do Trabalho [Cód. 6340491] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, curso Técnico em Segurança do Trabalho (apresentar Certificado) e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 1.500,00.

1 vaga - Tratorista agrícola [Cód. 6116277] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) e CNH "B" - SALÁRIO R$ 1.800,00.

1 vaga - Vaqueiro [Cód. 6357931] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e disponibilidade para morar na fazenda.

1 vaga - Vaqueiro [Cód. 6334873] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho.

1 vaga - Vendedor – no comércio de mercadorias [Cód. 6375889] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "A" e moto própria - SALÁRIO R$ 1.305,00 + Comissão.

1 vaga - Vendedor interno (Veículos) [Cód. 6310477] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "B" e disponibilidade para viagens.

2 vagas - Vendedor interno [Cód. 6349270] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e disponibilidade de horários - SALÁRIO R$ 1.300,00 + Comissão.

2 vagas - Vendedor interno [Cód. 6357777] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal.

1 vaga - Vendedor interno (Acessórios automotivos) [Cód. 6388207] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e ensino médio (completo ou cursando) - SALÁRIO R$ 1.354,00 + Comissão.

5 vagas - Vendedor interno [Cód. 6340142] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "B" e disponibilidade para viagens.

1 vaga - Vendedor interno [Cód. 6232890] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "AD" e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 1.500,00.

10 vagas - Vendedor porta a porta (telefonia) [Cód. 6237489] - exige ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.212,00 + Premiação.

1 vaga - Vendedor pracista [Cód. 6313396] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "AB", veículo próprio (carro ou moto) e disponibilidade para viagens.

2 vagas - Vendedor pracista [Cód. 6349041] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, veículo próprio (carro ou moto), CNH condizente com o veículo e disponibilidade para viagens.

2 vagas - Vendedor pracista [Cód. 6272323] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), veículo próprio (carro ou moto) e CNH condizente com o veículo - SALÁRIO R$ 1.305,00 + Comissão.

1 vaga - Vendedor pracista [Cód. 6349427] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "B", carro próprio e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 1.427,00 + Comissão.

1 vaga - Vendedor pracista [Cód. 6328220] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "B" e carro próprio - SALÁRIO R$ 1.800,00.

3 vagas - Vigilante [Cód. 6391356] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "B" (no mínimo dois anos de habilitação), curso de Vigilante em dia, disponibilidade para viagens e disponibilidade de horários (diurno ou noturno) - SALÁRIO R$ 2.062,39.